Blog do Celino Neto

Goleiro Marcelo Grohe chega a marca histórica defendendo a camisa do Grêmio

16 Flares Facebook 2 Twitter 13 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 16 Flares ×

 O goleiro gremista Marcelo Grohe está numa fase incrível, neste Campeonato Brasileiro o jogador chegou a 815 minutos sem tomar gol e bateu o recorde do clube recentemente, este que era de Picasso, o goleiro que defendia as cores do tricolor ainda na década de 70 e conseguiu 601 minutos sem ser vazado.

Com esta marca, Grohe já está na quinta colocação na lista de goleiros que mais tempo conseguiram evitar gols durante consecutivamente (em Campeonatos Brasileiros), duas posições atrás de Rogério Ceni, do São Paulo, que no ano de 2007, ano do título brasileiro, registrou 988 minutos.

A primeira colocação continua com Jairo, que conseguiu uma marca de incríveis 1.132 minutos sem sofrer gols quando defendia a camisa do Corinthians. Em segundo, Émerson Leão com 1.057 minutos pelo Palmeiras, em 1973. Seguido por Rogério Ceni com 988 como já citado e em quarto vem Acácio, do Vasco, que conseguiu 915 minutos no Brasileirão de 1988. Grohe ultrapassou na última partida os 795 minutos obtidos por Renan, em 2006, pelo Internacional. Se o goleiro gremistas não sofrer gols nas próximas duas partidas, contra o São Paulo e Sport na Arena irá assumir a terceira colocação.

O Grêmio não sofre gols a sete partidas, desde que venceu o Corinthians por 2 a 1. Felipão estruturou bem a defesa do Tricolor Gaúcho, e tem a mesma pontuação do Atlético-MG e São Paulo, times que estão em quarto e terceiro da tabela.

Confira as dez maiores sequências sem sofrer gol no Brasileirão:

Jairo – 1 132 minutos – Corinthians (Campeonato Brasileiro de 1978)

Émerson Leão – 1 057 minutos – Palmeiras (Campeonato Brasileiro de 1973)

Rogério Ceni – 988 minutos – São Paulo (Campeonato Brasileiro de 2007)

Acácio – 915 minutos – Vasco (Campeonato Brasileiro de 1988)

Marcelo Grohe – 815 minutos – Grêmio (Campeonato Brasileiro 2014)

Renan – 795 minutos – Internacional (Campeonato Brasileiro de 2006)

Neneca – 778 minutos – Guarani (Campeonato Brasileiro de 1978)

João Leite – 773 minutos – Atlético-MG (Campeonato Brasileiro de 1978)

Paulo César – 756 minutos – Sport (Campeonato Brasileiro de 1985)

Fernando Prass – 748 minutos – Vasco (Campeonato Brasileiro de 2012)

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

16 Flares Facebook 2 Twitter 13 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 16 Flares ×