Blog do Celino Neto

Pleno do STJD mantém eliminação do Grêmio da Copa do Brasil, mas aproveitam para ‘livrar sua barra’

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 1 Flares ×

 Mudou, mais não mudou… No novo julgamento sobre as injúrias raciais de parte da torcida gremista contra o goleiro santista Aranha, pela Copa do Brasil, desta vez no pleno do STJD, a decisão de excluir o Grêmio foi retirada, mas o time perdeu três pontos e está eliminado da mesma forma, ou seja, não mudou muita coisa.

Por unanimidade, os auditores do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, ‘reformularam’ a condenação do Grêmio, o clube não foi ”excluído” da Copa do Brasil pelas ofensas dirigidas a Aranha, porém perdeu três pontos, fica com -3 no confronto e não conseguiria reverter mesmo se houvesse um jogo de volta. Se os comandados de Felipão vencessem a segunda partida, chegariam a zero ponto, então o Santos continuaria com a vaga nas quartas. Então os auditores repassaram a decisão de ter ou não partida de volta para a CBF.

Então você deve estar se perguntando ”Porque esses auditores tiraram os três pontos e não continuaram com a exclusão do time gaúcho?”, simples, se houver caso de racismo no Campeonato Brasileiro, o clube em questão não seria excluído. Ou seja, foi uma forma de prevenir uma situação pior para eles no futuro.

O trio de arbitragem da partida de ida também foi punido. O árbitro com 45 dias de suspensão, além de multa de R$ 800, e o quarto árbitro, 30 dias suspensão e multa de R$ 500. Os auxiliares foram absolvidos.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 1 Flares ×