Blog do Celino Neto

Em busca da Tríplice Coroa… Cruzeiro arranca o empate contra o Santos e chega a final da Copa do Brasil

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×
Santos 3 x 3 Cruzeiro

 O sonho da tríplice coroa continua, o ano mais perfeito da história do Cruzeiro desde 2003 pode ser 2014… O Mineiro já foi conquistado, falta o Campeonato Brasileiro, onde o time depende apenas de si mesmo para ser campeão e agora a chance de conquistar a Copa do Brasil em cima do maior rival. Quer ano melhor? Só se o time for campeão da Libertadores 2015… Mas calma cruzeirense, um passo de cada vez, nada de pensar em conquistar a América antes de se tornar ‘soberano’ no Brasil antes de ter os dois títulos nacionais mais importantes.

Já o Santos perdeu em casa a chance de conquistar um título em 2015, o Paulista foi perdido de forma sofrida para o Ituano, a Copa do Brasil ficou pelo caminho na noite desta quarta-feira em casa, e a única conquista pode ser uma vaga na Libertadores 2015 via Campeonato Brasileiro, o que convenhamos é quase impossível, pois a distância do time alvinegro para o G-4 é de oito pontos. Então os planos deverão ser focados na próxima temporada com uma pergunta que já precisa ser feita, Enderson Moreira permanecerá no comando? Pois o projeto precisa ser bem feito.

A Vila Belmiro estava lotada, o Santos precisava reverter uma desvantagem de apenas um gol com a torcida ao seu lado. Robinho tratou de animar ainda mais abrindo o marcador no primeiro minuto de partida, porém os comandados de Marcelo Oliveira jogaram um balde de água fria logo sete minutos depois, quando Marcelo Moreno aproveitou rebote de Aranha após chute cruzado de Ceará.

Diferente da partida no Mineirão, na Vila quem mandou no primeiro tempo foi o Santos, o visitante mineiro tentava emplacar um contra-ataque para destruir as esperanças santistas. O time celeste até conseguiu parar o jogo, e a chance de ficar na frente no placar novamente veios aos quarenta e seis, quando Rildo dividiu com o zagueiro Léo após Fábio soltar a bola, o defensor fez uma pequena carga nas costas do santista que desabou. Penalidade polêmica convertida por Gabriel.

Graças ao empate no último minuto do primeiro tempo, o Santos continuou animado na segunda etapa e a busca pelo terceiro gol que lhe traria a classificação continuou, porém os vários ataques faziam a equipe deixar muitos espaços para o Cruzeiro, este que tentava aproveitar. Robinho conseguiu recuperar a bola no meio de campo e lançou Lucas Lima, Gabriel recebeu do meia e apenas rolou para Rildo fazer o 3 a 1 aos treze minutos da primeira etapa. Naquele momento a final da Copa do Brasil seria entre Santos x Flamengo, pois o Galo ainda não havia conseguido a vantagem suficiente no Mineirão.

Com a vantagem no marcador e no confronto, o Cruzeiro parou de esperar o Santos e partiu para cima. Aos trinta e cinco minutos, Fábio dá chutão para o ataque e o zagueiro Bruno Univi cabeceia para trás, a bola sobra para a Willian, que frente a frente com Aranha mandou para as redes sem grandes dificuldades. No último contra-ataque da partida, já aos quarenta e nove, Willian recebeu de Ricardo Goulart, e frente a frente com Aranha empatou a partida e decretou o Cruzeiro na final contra o Atlético-MG.

No próximo domingo, o Santos tem clássico contra o Corinthians na Arena, às 19h30(Horário de Brasilia). Antes das partidas da final, que serão realizadas no dia 12 e 26 deste mês, o Cruzeiro enfrenta o Criciúma no Mineirão, também no domingo e também às 19h30.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×