Blog do Celino Neto

Justiça mineira determina redução do preço dos ingressos para o jogo de volta da final da Copa do Brasil

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 1 Flares ×
 Foi determinado pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais(TJMG), que o preço dos ingressos para a partida de volta da final da Copa do Brasil não pode ter valor superior a R$ 500, a decisão foi do Juiz José Maurício Cantarino Villela, da 29ª Vara Cível de Belo Horizonte.

”Defiro parcialmente as tutelas de emergência pleiteada na inicial, para determinar que o réu, Cruzeiro Esporte Clube, comercialize os ingressos do Setor Oeste Superior para os consumidores a preço não superior a R$ 500,00 (quinhentos reais), sob pena de multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais), para cada ingresso vendido para o referido setor, a serem revertidos para o Fundo Estadual de Defesa e Proteção do Consumidor”, diz a sentença.

Segundo o Juiz José Maurício, ”é pertinente que seja adotado o percentual médio aplicado às outras 10 (dez) categorias de ingresso existentes (tabelas 2 e 3), na forma apontada pelo Ministério Público a f. 09, para se fixar como valor a ser cobrado a importância de R$ 500,00 (quinhentos reais).”

A grande polêmica começou desde a definição das torcida para a partida de ida da final, e na última terça-feira, o Cruzeiro informou que o bilhete para a torcida do Atlético na final da Copa do Brasil custaria R$ 1 mil, mesmo valor que seria cobrado dos torcedores celestes neste setor. A diretoria atleticana foi até o Ministério Público contra a decisão celeste, que considerou abusivo o valor dos ingressos e propôs uma Ação Civil Pública contra o Cruzeiro.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 1 Flares ×