Blog do Celino Neto

Temendo ‘repeteco’ do que aconteceu com o Coxa em 2009, MP quer tirar último jogo do Palmeiras do Allianz Parque

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 1 Flares ×

 As derrotas consecutivas e o futebol ruim nas últimas rodadas resultaram no que o torcedor palmeirense mais temia neste ano, após a tranquilidade com algumas vitórias, chegar nas últimas rodadas com chances claras de rebaixamento. Nas próximas duas partidas, os comandados de Dorival Júnior irão enfrentar o Internacional no Beira-Rio(29/11) e o Atlético-PR na Allianz Parque. Com o perigo do rebaixamento em sua nova casa na última rodada, o Ministério Público de São Paulo fez um pedido a CBF para que o jogo diante do rubro-negro paranaense, no dia 7 de dezembro, não seja realizado no Allianz Parque como previsto inicialmente.

O MP teme que aconteça com o Palmeiras algo parecido com a última rodada do Campeonato Brasileiro 2009, quando ao final do confronto entre Coritiba e Fluminense, no Couto Pereira, os torcedores do Coxa invadiram o campo e partiram para a briga com os policiais, quebrando o estádio e tentando agredir os jogadores rebaixados após a derrota.

O pedido foi feito pelo promotor Paulo Castilho e confirmado por Marco Polo Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol e futuro presidente da CBF. Um documento formal sobre o assunto foi enviado para a CBF, porém o Palmeiras ainda não confirma ter recebido.

”Ele (Paulo Castilho) falou sobre o risco de rebaixamento. O Ministério Público está sempre atento, se manifestou e nós vamos analisar. Se tiver de fazer o último jogo lá, por necessidade, faremos o possível para garantir a segurança. Estamos correndo contra o tempo evidentemente, mas depende muito da colocação dos jogos deste fim de semana. Vamos definir em cima da penúltima rodada. A prevenção é correta. Mas acho que os órgãos de segurança têm condição de dar garantia total. O alerta é bem-vindo, e o MP não fala por acaso. Temos muito respeito pelo trabalho do Paulo”, declarou Del Nero.

Existe outro problema, o Corinthians joga em sua Arena na última rodada contra o Criciúma, partida que promete ser de ‘comemoração’ da torcida com o time, já que precisa de apenas um ponto para se garantir na Libertadores da América 2015 e enfrenta um time rebaixado. A recomendação da PM é que não aconteçam duas partidas de grandes times na mesma cidade e no mesmo dia. Se diante do Fluminense no final de semana o alvinegro paulista conseguir a classificação, a partida diante do Tigre deverá ser antecipada.

Veja acima a distância entre a Allianz Parque e a Arena Corinthians, onde possivelmente os dois clubes irão jogar na última rodada. // Imagem do Google Maps

”É por aí. Estamos tomando as providências necessárias para ver o que é possível fazer, mas daqui a pouco de repente fica inviável fazer futebol. São dois jogos: Palmeiras de um lado, e Corinthians do outro. E se fosse Palmeiras x Corinthians? Teriam as duas torcidas juntas. Vamos fazer o que for possível. A princípio, os jogos devem acontecer nos mesmos horários pelo que o regulamento determina”, finalizou.

Na inauguração de seu novo estádio, o Palmeiras foi derrotado por 2 a 0 pelo Sport mas não houveram casos de vandalismo, somente uma pichação de um dos muros durante na madrugada. Se for cair pela terceira vez em sua história, torcedores organizados prometem ”caçar” os jogadores, então neste momento todo cuidado é pouco.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 1 Flares ×