Blog do Celino Neto

Wagner culpa atraso de salários e não pagamento do ‘bicho’ como motivos do momento ruim do Fluminense

31 Flares Facebook 1 Twitter 29 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 31 Flares ×

 Como um clube campeão brasileiro faz uma campanha de ”rebaixado” no ano seguinte? Como um elenco cheio de grandes jogadores não consegue um desempenho para brigar dentro do G-4 e até pelo título? As teorias sobre o Fluminense nas últimas duas temporadas são várias para tentar explicar as perguntas anteriores. Nesta terça-feira o meia Wagner esclareceu alguns dos problemas que rondam as laranjeiras e resultam em atuações ruins.

“Não deixamos a desejar para ninguém, nem para São Paulo, Corinthians, Cruzeiro, seja lá quem for. Só que sabemos que um detalhe o outro pesa. Quando você atrasa o salário, quando você não paga bicho. Uma coisa leva a outra, existe briga de um lado, briga de outro. Então isso é detalhezinho que vai puxando a gente para baixo. Às vezes você abre o jornal e está estampado que um está brigando com o outro, que salário de jogador está atrasado, que um recebe e o outro não recebe. A gente fica triste por isso. Porque a gente sabe do nosso potencial e a que gente poderia chegar bem mais longe se as coisas estivessem no seu encaixe”, disse Wagner.

Wagner afirmou que a indefinição da renovação dos contratos para 2015 também atrapalha, fator que atinge jogadores importantes do elenco, como Diego Cavalieri, Diguinho e Carlinhos que encerram seus contratos no final do ano e não sabem se ficam no clube. O lateral direito não deve permanecer no tricolor.

“A gente não sabe como vai ser em 2015. Nem quem tem contrato está garantido. Tem jogadores que estão com contrato por acabar. Tem muita coisa para se resolver no clube. A diretoria vai procurar cada jogador e ver o que fazer”, revelou o meia.

Wagner chegou ao Fluminense em 2012, um ano muito bom para o clube, onde o elenco era variado e o técnico Abel Braga tinha diversas opções em suas mãos. Nesta temporada Cristóvão Borges não tem o mesmo privilégio e o meia também comentou o assunto.

“Em 2012 tínhamos no extracampo tudo correndo muito bem. Bicho, salário. Comecei o ano jogando e tinha partidas que eu nem ia para o jogo, ficava fora porque o elenco era muito bom, tinha grandes jogadores. Então eram esses pequenos detalhes que influenciaram as nossas vitórias em 2012, levantamos duas taças. Isso também influencia quando você não consegue chegar”, finalizou Wagner.


Outro motivo claro da queda de rendimento do Fluminense é a diminuição dos investimentos da Unimed no clube, este ano o time chegou a atrasar salários mas já teria quitado todas as pendências.

No Campeonato Brasileiro 2014, o Fluminense ocupa o sétimo lugar com 58 pontos, e ainda tem chances de disputar a Libertadores 2015, mesmo que sejam remotas. Na próxima rodada o adversário do tricolor é o Corinthians, domingo, no Maracanã.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

31 Flares Facebook 1 Twitter 29 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 31 Flares ×