Blog do Celino Neto

Vídeo do zagueiro Dedé agredindo o irmão se espalha na internet e jogador se explica, veja

20 Flares Facebook 2 Twitter 17 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 20 Flares ×

 Em dezembro, durante suas férias em Volta Redonda, o zagueiro cruzeirense Dedé acabou se envolvendo em uma confusão com seu próprio irmão. O vídeo da briga ganhou destaque nas redes sociais e se espalhou rapidamente na madrugada desta terça-feira. Informações iniciais alegavam na legenda do vídeo, que Dedé agredia um taxista, o que o zagueiro negou e se justificou.

No vídeo que você pode conferir no final deste post, Dedé troca socos com o irmão Gleidson enquanto outra pessoa ajuda o zagueiro. Durante o ”desentendimento” familiar, o zagueiro percebeu que havia uma pessoa filmando e seguiu exaltado. “Quem está filmando? Quem está filmando? Me fala, João (referindo-se a um amigo que estava no local)”.

Veja abaixo a nota de Dedé na íntegra explicando o caso:

“Mesmo depois da fama continuei sendo um cara simples e humilde. Quem me conhece sabe da minha personalidade. Uma pessoa que assume quando erra, que fica feliz quando pratica o bem, que torce pelos amigos. Sou um Dedé transparente.

Quero deixar claro a todos que, infelizmente, como mostra um vídeo que ganhou repercussão na internet, sou eu envolvido em uma discussão. A pessoa que está caída é meu irmão Gleidson, que não é taxista, como disseram. Essa discussão entre nós aconteceu em Volta Redonda, após ele agredir verbalmente uma pessoa, dentro de um restaurante. Após chamar a atenção dele, fui agredido com um tapa pelo próprio irmão, no qual acabou perfurando meu tímpano.

Imediatamente, um amigo tomou as dores e quis agredi-lo e tudo que eu fazia no momento do vídeo, já na parte de fora do estabelecimento, era tentar separar a briga. Inadmissível a atitude dele e, como não havia sido a primeira vez, a raiva, como não deveria acontecer, superou os limites da serenidade.

Peço desculpas sinceras à pessoa que foi xingada pelo meu irmão e a quem mais presenciou este vídeo. Isso não é exemplo e aconteceu pela simples vontade de praticar o bem”.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

20 Flares Facebook 2 Twitter 17 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 20 Flares ×