Blog do Celino Neto

Internacional estreia mal na Libertadores e é derrotado por 3 a 1 pelo The Strongest

23 Flares Facebook 0 Twitter 22 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 23 Flares ×
The Strongest 3 x 1 Internacional

 Partidas de estreia na Libertadores costumam ser complicadas, fora de casa é ainda mais difícil, e se for na altitude nem se fala… O estádio Hernando Siles, que se encontra na altitude de mais de 3.600 metros da cidade boliviana de La Paz, foi o palco dos primeiros 90 minutos do Internacional na Copa Libertadores da América 2015, estes que não foram nada positivos para o Colorado.

Em casa, o The Strongest entrou em campo com o apoio forte de sua torcida e disposto a usar seu principal trunfo diante de seus adversários sul-americanos para desgastar o Inter, a temida altitude. Os bolivianos começaram a partida abusando da velocidade e assim criando boas chances, aos dez minutos de partida, Torrico fez jogada pela esquerda e lançou para Pablo Escobar(o meia, que não tem nada a ver com aquele conhecido traficante), este que chutou e aproveitou o rebote do goleiro Alisson para balançar as redes. Detalhe que a zaga do Inter assistiu a jogada de camarote e pareceu não querer incomodar seus adversários.

Atrás no placar logo nos primeiros minutos de jogo, o Inter sentiu o peso e o segundo gol não demorou para sair. Apenas quatro minutos depois, em mais uma falha da defesa do time gaúcho, o meia Pablo Escobar dominou a bola na entrada da área e chutou cruzado. A bola acertou Ramallo, que não teve grandes dificuldades para ampliar o marcador.

Um show de horrores aconteceu em Laz Paz, após o 2 a 0 o Internacional perdeu qualquer chance de reação e sofreu com falhas bobas de seus jogadores. Lances bizarros aconteciam seguidamente proporcionados por jogador colorados, estes que saíram no saldo por ir para o intervalo com apenas dois gols de desvantagem.

Quarenta e cinco minutos finais e o Inter veio com uma ‘cara diferente’, parecia outro time! Logo aos dois minutos uma chance de ouro para incendiar a partida, penalidade após cabeçada de Nilton desviar na mão de Cristaldo dentro da área. D’Alessandro foi para a cobrança e converteu sem dificuldades, chute no alto do canto esquerdo de Vaca, que até acertou o lado, mas não veloz o suficiente para defender.

O Inter despertou após seu gol, teve boas chances com Fabricio e Nilmar e parecia próximo do empate. Seria normal que o The Strongest esperasse os brasileiros se cansarem para sair para o jogo, mas não aconteceu, o time boliviano também foi ao ataque e ameaçou o gol defendido por Alisson; Logo após Vitinho acertou o travessão, e os bolivianos responderam na mesma moeda em lance semelhante, porém a bola acertou o poste após finalização de Pablo Escobar.

Na parte final do jogo, mais uma vez o Inter sofreu com as jogadas ofensivas dos bolivianos. Aos quarenta minutos, Escobar(Sempre ele), lançou para Chumacero livre na área, que marcou o 3 a 1 e praticamente decretou a vitória boliviana na estreia. Antes do término da partida, Nilmar ainda foi expulso de campo após entrada criminosa, o atacante acertou a sola de sua chuteira na canela de Diego Ayar… Estreia ruim do Colorado na Libertadores, este que volta a campo neste final de semana pelo Campeonato Gaúcho, quando enfrentará o São Paulo-RS no domingo. Na quinta-feira, receberá a Universidad de Chile pela Libertadores no Beira-Rio.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

23 Flares Facebook 0 Twitter 22 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 23 Flares ×