Blog do Celino Neto

A volta do mata-mata no Campeonato Brasileiro pode estar mais próxima do que pensávamos

28 Flares Facebook 0 Twitter 27 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 28 Flares ×

 A discussão Mata-Mata vs Pontos Corridos nunca esteve tão próxima de uma vitória do ‘antigo modelo’. Se antes os pontos corridos eram predominantes por vitórias no W.O, já que os defensores do Mata-Mata pareciam se esconder e não fazerem a minima questão de defender suas ideias para o formato da competição, agora a coisa mudou. Passaram-se mais de 10 anos do Campeonato Brasileiro no atual formato até aparecer Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, que foi o primeiro a levantar esta bandeira e conseguir, enfim, por o assunto de volta a pauta. E agora, como publica a Folha de São Paulo, ele não esta mais sozinho e tem a maioria dos clubes da elite do futebol brasileiro ao seu lado.

A mudança na fórmula do campeonato já pode acontecer para a edição de 2016 da competição. A proposta apresentada pelo Grêmio, é de um torneio em que se mantenham as 38 rodadas, e turno e returno, que temos hoje disputadas por pontos corridos, com classificados para as Copas Sul-Americana e Libertadores, mas com a inclusão de jogos eliminatórios na reta final do Campeonato Brasileiro para poder conhecer o campeão. Alguns clubes preferem que apenas haja um confronto entre primeiro e segundo colocado e outros preferem semifinais entre os quatro primeiros.


“O formato com mata-mata tem emoção, é mais agradável e desperta o interesse do público”, afirma Modesto Roma Jr., presidente do Santos defendendo a ideia.
A CBF não pretende se posicionar para algum dos lados e já afirmou que a decisão fica na mão dos clubes.

“Nossa posição é a dos clubes, seja qual for. Mas não tenho a impressão de que há um movimento organizado para mudar. Não fui procurado sobre isso”, declarou Marcelo Campos Pinto, diretor de esportes da TV Globo, que detém o direito de transmissão.

As Organizações Globo estão divididas quanto o assunto, ainda segundo a reportagem da Folha, pois enquanto a TV Globo sobre com baixa audiência em seu principal(e caro) produto, os canais a cabo como SporTV e o Premiere(pay-per-view) preferem o atual formato devido a venda dos pacotes. E é por este motivo que o projeto do Grêmio parece agradar a ambos, já que terá a manutenção das 38 rodadas, o que também agrada os canais por assinatura.

O primeiro a levantar a questão do mata-mata recentemente não foi o presidente do Grêmio e sim o presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, que não teve grande força e repercussão pela sua ideia mais radical de eliminar os pontos corridos e dividir 24 participantes(quatro a mais do que no formato atual) em dois grupos, depois acontecer às oitavas, quartas e semifinais até chegar a final.

Os principais ‘parceiros’ de Romildo Bolzan Jr. em seu projeto são o santista Modesto Roma Júnior e Eurico Miranda, do Vasco, que assim como na Federação Carioca tem influência na CBF. Querem a volta dos pontos corridos(como você pode ver na acima): Chapecoense, Fluminense, Goiás, Joinville, Grêmio, Ponte Preta, Santos, Vasco, Corinthians, Atlético-MG e Palmeiras, ou seja, a questão está ficando mais madura e o desenrolar desta história promete. Já o Atlético-PR, Avaí, Cruzeiro, Internacional e São Paulo são contra a volta do mata-mata e querem a permanência da formula atual. Ficaram ‘em cima do muro’, pois ainda não tem opinião formada sobre o assunto: Coritiba, Figueirense, Flamengo e Sport.

E ai, o que você acha sobre a possível volta do mata-mata?

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

28 Flares Facebook 0 Twitter 27 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 28 Flares ×