Blog do Celino Neto

Você gostaria de ter Valdivia em seu time?

17 Flares Facebook 0 Twitter 16 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 17 Flares ×

 Valdivia é um ótimo jogador, quando entra campo é aquele tipico meia que pode decidir um jogo importante a qualquer momento, carrega a bola e pode ser importantíssimo para auxiliar os atacantes com assistências precisas, o meia chileno é o sonho de consumo de qualquer time brasileiro, se não fosse por três quesitos que quase anulam totalmente os anteriores:

  1. O meia quase não entra em campo, em sua segunda passagem com a camisa do Palmeiras jogou menos da metade das partidas, está sempre contundido;
  2. É polêmico, não consegue conter a irritação para si e pode provocar uma crise interna;
  3. Por último o seu valor, mesmo sempre desfalcando o time, Valdivia é um jogador caro e que geralmente não justifica seu valor.

Na última terça-feira, mais uma vez o jogador causou polêmica, quando nas redes sociais questionou as declarações de Alexandre Mattos, que havia afirmado estar esperando os resultados de Valdivia em campo antes de pensar em renovar seu contrato. O meia chileno não gostou das declarações do dirigente e a postou o seguinte texto no Twitter:

“Quero esclarecer alguns pontos para que parem com as fofocas baratas. Hoje, o meu principal foco é a minha recuperação e boa fase em que vive a equipe. Na segunda-feira, meu pai tinha uma reunião com o Palmeiras, ele apareceu na hora marcada, mas ninguém apareceu para falar com ele, com isso, a reunião foi remarcada para hoje.
Até o momento, ninguém da diretoria me informou que eu teria de realizar um contrato de produtividade. Quem precisa esclarecer esse assunto é o clube e não o atleta. E se for um vínculo de produtividade, espero que não aconteça o que vivemos no ano passado, quando sofremos até o final.
O contrato de produtividade não é nenhuma pedra no sapato. Fico triste, uma vez que não falei nada sobre isso, e mesmo assim existem pessoas criando tumulto sobre o assunto. Tenho caráter e cumpro o que digo. Só digo isso: As cores do Palmeiras são as únicas que usarei no Brasil.
Mesmo se eu for embora no final do contrato, sempre serei agradecido pelo clube que me representa. Mas saibam que isso não é uma mensagem de adeus. Esse não era o momento de falar tudo isso. Não quero atrapalhar o excelente ambiente que os meus companheiros estão vivendo.
Todos os atletas que deixaram o clube nos últimos anos tiveram problemas. Não quero ser mais um a passar por isso, quero sair pela porta da frente. Estou em fase final de recuperação, isso significa que tenho dores e cansaço, mas voltarei apenas quando estiver 100%.
No final de 2014, tomei duas infiltrações para poder atuar. Não gosto de falar essas coisas, mas é a verdade. Jamais, em sete anos de Palmeiras, me posicionei a cima do clube. Com toda a experiência que tem, o senhor Matos poderia ter me chamado para conversar.”

Após as pesadas criticas na rede social, Valdivia pediu desculpas a Mattos também pela rede social:

”Não quero guerra com ninguém. Não quero criar inimizade com o Alexandre Mattos e nem com o Palmeiras. O que eu desejo é que ele faça um ótimo trabalho aqui, como já fez em outros clubes, e que o Palmeiras possa conquistar títulos. Se ele se sentiu ofendido, peço desculpas publicamente.
Em relação à renovação de contrato, já deixei claro que eu quero muito permanecer porque tenho enorme carinho pelo Palmeiras e pela torcida, mas ainda não conversamos sobre nada. Nem eu e nem o Palmeiras apresentamos nossas propostas, tudo o que saiu na imprensa até o momento é apenas especulação. O que foi conversado até agora é que eu quero ficar aqui e o clube quer que eu fique. A única coisa que eu peço é que as pessoas parem de falar que o salário de produtividade e o tempo de contrato sejam empecilhos para a minha renovação, porque isso não tem nada a ver.
Eu me manifestei via Twitter porque as pessoas queriam que eu me manifestasse. Só tentei esclarecer que jamais neguei contrato de produtividade, até porque não houve nenhuma proposta até agora. Além disso, já me colocaram em diversos times, mas reafirmo que, no Brasil, não jogo em nenhum outro clube que não seja o Palmeiras.”

O jogador se explicou e pediu desculpas pelo ocorrido, mas seu custo-benefício não pode deixar de ser discutido, o contrato do meia acaba no meio do ano e na minha percepção seria melhor para o Alviverde paulista agradeçer o Valdivia pelos serviços prestados, fazer um jogo de despedida e deixar o chileno seguir sua carreira. Mas você leitor, gostaria de ter Valdivia no seu time? Pela reação que vejo não somente nas redes sociais como nas arquibancadas, o torcedor palmeirense ainda espera ver aquele chileno que brilhou no Paulistão em 2008 e que foi importantíssimo na Copa do Brasil 2012. Então se a diretoria não quiser pelo menos negociar com o jogador, terá uma cobrança maior caso o resultado do Brasileirão 2015 não seja o esperado pelo torcedor, que hoje, pelas atuações no Campeonato Paulista(que não pode servir de parâmetro), é brigar pelo menos por vaga na Libertadores.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

17 Flares Facebook 0 Twitter 16 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 17 Flares ×