Blog do Celino Neto

A final dos sonhos da FERJ

66 Flares Facebook 1 Twitter 64 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 66 Flares ×

 Não há dúvidas que o Campeonato Carioca 2015 está sendo diferente, o rompimento de Flamengo e Fluminense com a FERJ e a aproximação de Vasco e Botafogo com a federação criou um clima diferente, principalmente de desconfiança com os times Alvinegros. A falta de qualidade de toda a competição é inquestionável, porém Rubro-negros e Tricolores reclamam principalmente das penalidades marcadas a favor do Vasco ainda na fase de classificação, além de punições dignas de uma ditadura contra Luxemburgo e Fred.

Neste final de semana uma nova polêmica, as partidas de semifinal, onde os Tricolores reclamaram do gol irregular de Rodrigo Pimpão, do Botafogo, que ajudou na construção do 2 a 1 que levou a partida para as penalidades. Neste domingo foi a vez dos Rubro-negros reclamarem da arbitragem, a penalidade a favor do Vasco foi totalmente inexistente, assim como na comemoração o atacante Gilberto deveria ser expulso como consta no regulamento e novamente não ficou barato, as criticas e dúvidas novamente vieram.

Seria aquela ”paixão que cega” dos torcedores do Fluminense e Flamengo que veem um complô contra os times que se ”rebelaram” contra a Federação?
Ou infantilidade dos torcedores de Botafogo e Vasco que acham que os erros ”são apenas do jogo”, o choro é livre e bola para frente?
Sinceramente não tenho respostas concretas para estas duas perguntas, erros já aconteceram para Fla e Flu assim como para Vasco e Bota neste campeonato estadual, porém a relação entre Rubens Lopes e Eurico Miranda e o rompimento com a dupla Fla-Flu só aumenta as dúvidas e desconfiança sobre uma federação que não é nada confiável.

O fato que mais uma vez venho constatar é que os estaduais do jeito que estão são insustentáveis, principalmente quando ainda existem dirigentes dispostos a ficar mais próximos de alguns e mais rigorosos com outros. A final do Campeonato Carioca é aquela que a FERJ pediu a deus, porém a Federação não é maior do que os clubes que disputam, que já cansaram da falta de seriedade da mesma. No roubo? Não sei, mas não se pode abrir brechas para se pensar que os erros de arbitragem não foram simplesmente pelos juízes serem ”humanos”.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

66 Flares Facebook 1 Twitter 64 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 66 Flares ×