Blog do Celino Neto

E quem disse que seria fácil? Atlético Mineiro sofre, mas chega às oitavas da Libertadores

21 Flares Facebook 0 Twitter 20 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 21 Flares ×

 ”Classificação com tranquilidade”… Estas são palavras que dificilmente se encontram em manchetes de sites, jornais ou programas esportivos quando falamos de Atlético Mineiro em jogo decisivo. Na noite desta quarta-feira no estádio Independência não foi diferente, os comandados de Levir Culpi não precisaram de uma virada dramática como na Copa do Brasil do ano passado, mas sofreram para conseguir chegar e sustentar o 2 a 0 no placar.

Após Lucas Pratto, sempre ele, abrir o placar quando os donos da casa pressionavam e jogavam ofensivamente, o Galo conseguiu uma penalidade a seu favor, já no segundo tempo, mas quem disse que o clube teria esta facilidade para chegar ao 2 a 0 que o levaria às oitavas de final? Que nada, o goleiro Gárces defendeu a cobrança de Guilherme com a pontinha dos dedos e os deuses do futebol novamente afirmavam que para o Atlético-MG não poderia ser fácil.
Com tantas classificações épicas com viradas e emoção vinda da arquibancada, precisava de algo diferente nos roteiros sempre dramáticos e emocionantes do Atlético-MG, precisava de um golaço… E foi o que aconteceu a quase dez minutos do fim, Rafael Carioca acertou uma finalização perfeita de fora da área, a bola ‘beijou’ o angulo e balançou as redes do time chileno.
Atlético-MG mais uma vez nas oitavas de final da Copa Libertadores da América, mais uma vez uma classificação milagrosa, em mais uma partida fantástica de se assistir, com emoção, com futebol, é o Atlético Mineiro.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

21 Flares Facebook 0 Twitter 20 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 21 Flares ×