Blog do Celino Neto

A lista para a Copa América 2015 foi divulgada, quais jogadores tem mais chances de chegar em 2018?

12 Flares Facebook 0 Twitter 11 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 12 Flares ×

 Vamos voltar quatro anos, mais especificamente em 2011, quando Mano Menezes divulgou sua lista de jogadores convocados para a Copa América na Argentina, como todos já sabem, a missão dele era começar a ‘peneirar’ jogadores após a envelhecida Seleção de Dunga em 2010. Abaixo você pode ver a lista de jogadores levados por Mano com seus respectivos clubes na época que foram convocados:

Goleiros
Julio César (Inter de Milão) – Foi para a Copa
Victor (Grêmio) – Foi para a Copa

Laterais
Daniel Alves (Barcelona) – Foi para a Copa
Maicon (Inter de Milão) – Foi para a Copa
André Santos (Fenerbahçe) – Não foi para a Copa
Adriano (Barcelona) – Não foi para a Copa

Zagueiros
Lúcio (Inter de Milão) – Não foi para a Copa
David Luiz (Chelsea) – Foi para a Copa
Luisão (Benfica) – Não foi para a Copa
Thiago Silva (Milan) – Foi para a Copa

Volantes
Ramires (Chelsea) – Foi para a Copa
Lucas Leiva (Liverpool) – Não foi para a Copa
Sandro (Tottenham) – Não foi para a Copa

Meias
Elano (Santos) – Não foi para a Copa
Elias (Atlético de Madri) – Não foi para a Copa
Paulo Henrique Ganso (Santos) – Não foi para a Copa
Jadson (Shakhtar Donetsk) – Não foi para a Copa
Lucas (São Paulo) – Não foi para a Copa

Atacantes
Neymar (Santos) – Foi para a Copa
Robinho (Milan) – Não foi para a Copa
Fred (Fluminense) – Foi para a Copa
Alexandre Pato (Milan) – Não foi para a Copa

Dos 22 jogadores desta lista acima, apenas nove chegaram a Copa do Mundo de 2014, e não é por menos, aconteceu muita coisa até o Mundial. Agora vamos analisar os convocados de Dunga para a Copa América 2015 e minhas conclusões e palpites de chances de chegarem a Copa do Mundo da Rússia em 2018:

Goleiros

Jefferson (Botafogo) – Chance de chegar a Copa: Alta terá 35 anos em 2018 e vem se tornando um nome de confiança.
Marcelo Grohe (Grêmio) – Chance de chegar a Copa: Alta, goleiro novo e promissor.
Diego Alves (Valência) – Chance de chegar a Copa: Média, bom goleiro, porém terá missão difícil por não estar num grande clube brasileiro ou europeu e deverá disputar a terceira vaga com outros ótimos nomes.

Zagueiros
David Luiz (Paris Saint-Germain) – Chance de chegar a Copa: Média, aos 30 anos poderá ser um nome de experiência no elenco, terá um bom desempenho até 2018 ou continuará oscilando? Só o tempo dirá.
Marquinhos (Paris Saint-Germain) – Chance de chegar a Copa: Alta, zagueiro promissor mas muito badalado, ainda é novo e mesmo assim superestimado desde que chegou a Europa, poderá se tornar um belo defensor, mas aos 20 anos não dá para ”cravar”.
Thiago Silva (Paris Saint-Germain) – Chance de chegar a Copa: Média, experiente e terá 34 anos no Mundial, depende do momento em que estiver vivendo próximo do fim de carreira.
Miranda (Atlético de Madrid) – Chance de chegar a Copa: Média, ótimo jogador, terá os mesmos 34 anos no Mundial e não tem a mesma ”badalação” de Thiago Silva, então terá que continuar provando sua capacidade nos próximos anos.

Laterais
Fabinho (Mônaco) – Chance de chegar a Copa: Média, tem apenas 21 anos e ainda tem uma longa carreira pela frente, um nome incerto que terá que provar nos próximos 3 anos se será um grande jogador.
Marcelo (Real Madrid) – Chance de chegar a Copa: Alta, com as poucas opções de laterais no Brasil, o jogador do Real poderá ser um nome importante com 29 anos.
Filipe Luís (Chelsea) – Chance de chegar a Copa: Média, terá 31 anos na Copa do Mundo e até agora é figurinha carimbada entre os titulares de Dunga, não vem jogando seu melhor futebol mas é um jogador que agrada o treinador.
Danilo (Porto) – Chance de chegar a Copa: Alta, em ascensão pelas boas atuações com a camisa do Porto, Danilo terá 26 anos na Copa do Mundo e tem boas chances de chegar a ‘lista final’.

Volantes
Luiz Gustavo (Wolfsburg) – Chance de chegar a Copa: Alta, podemos considera-lo o melhor jogador brasileiro na posição de volante ”Cão de Guarda”, Dunga gosta disto.
Fernandinho (Manchester City) – Chance de chegar a Copa: Média, o meio-campista brasileiro poderá até compor elenco na Copa de 2018, mas já será um jogador veterano e depende de conquistar a confiança do Dunga, além de manter o bom nível.
Elias (Corinthians) – Chance de chegar a Copa: Média, ao 29 anos, Elias terá que continuar jogando no nível deste ano, e assim parar de oscilar como vem acontecendo.
Casemiro (Porto) – Chance de chegar a Copa: Média, podemos considera-lo uma grande incógnita, até fez uma grande Champions League, porém terá que provar ser um jogador do nível da Seleção nas próximas temporadas.

Meias ofensivos e Atacantes
Roberto Firmino (Hoffenheim) – Chance de chegar a Copa: Alta, poderá desempenhar um papel de meia-ofensivo ou até segundo atacante importante, junto com Neymar forma um ataque veloz e poderoso para a Seleção Brasileira.
Willian (Chelsea) – Chance de chegar a Copa: Alta, jogador importante em sua posição, apesar de atualmente o futebol brasileiro revelar diversos jogadores nesta posição, Willian se destaca pelo poder ofensivo e a noção tática.
Neymar (Barcelona) – Chance de chegar a Copa: Altíssima, o principal jogador do futebol brasileiro na atualidade, no momento não é fácil de perceber nenhum outro possa disputar o protagonismo com Neymar até 2018, só não joga a Copa com a camisa da Seleção Brasileira se estiver contundido.
Philippe Coutinho (Liverpool) – Chance de chegar a Copa: Altíssima, promissor e que consegue encantar a Inglaterra, mercado difícil para jogadores brasileiros, por sua técnica apurada e qualidade ofensiva.
Diego Tardelli (Shandong Luneng) – Chance de chegar a Copa: Baixa, Tardelli foi importantíssimo nas últimas duas temporadas para o Atlético-MG, na China é quase impossível para os fãs de futebol acompanharem seu futebol, se persistir em mercados ”paralelos”, dificilmente chegará à Rússia em 2018.
Robinho (Santos) – Chance de chegar a Copa: Baixa, terá 34 anos na Copa e não podemos nos basear num desempenho no Campeonato Paulista como motivo para vestir a camisa da Seleção Brasileira, merece ser estudado com calma, voltará a amargar o banco em gramados europeus ou continuará protagonista no Brasil? Isto irá definir se seu nome estará na ‘grande lista’.
Douglas Costa (Shakhtar Donetsk) – Chance de chegar a Copa: Baixa, ótimo jogador, porém difícil de continuar na lista se não jogar contra os melhores do mundo, o Campeonato Ucraniano ou chegar às oitavas da Champions não são desafios que deixem uma certeza sobre Douglas Costa, repito: Ótimo jogador, porém tem que se mostrar eficiente contra clubes maiores.

Lembrando palpites três anos antes de uma lista para a Copa do Mundo, e o futebol muda num piscar de olhos, as opiniões são baseadas no futebol jogado nos dias atuais e no que poderá mudar.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

12 Flares Facebook 0 Twitter 11 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 12 Flares ×