Blog do Celino Neto

Justiça americana apura que a África do Sul sediou a Copa de 2010 após propina

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

 Primeira Copa do Mundo no continente africano, tudo muito lindo, documentários produzidos sobre a cultura da África do Sul, a FIFA ressaltando a importância de não deixar ”ninguém de fora” do futebol, Waka-Waka, Jabulani, #CalaBocaGalvao e entre outros fatos marcantes presentes em Copas do Mundo. Um ano depois da Espanha se sagrar campeã do mundo começaram as investigações sobre a FIFA no FBI.

Foram divulgadas informações do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, que concluem que a África do Sul pagou propina para poder sediar a Copa do Mundo de 2010. Foram ”investidos” em propina US$ 10 milhões, pagos a executivos da Fifa em troca de votos. O grande organizador do esquema que resultou na eleição da África do Sul, segundo o documento divulgado, era o trinitino Jack Warner, ex-presidente da Concacaf. O governo da África do Sul teria participado da propina que resultou na vitória sobre Marrocos e Egito na decisão de sede. Na época da decisão o presidente da África do Sul ainda era Thabo Mbeki, que pediu renúncia antes de seu fim de mandato pela perda do apoio de sua base aliada.

Segundo o documento, desde quando a África do Sul tentou sediar a Copa de 2006 e perdeu por um voto para a Alemanha, Jack Warner tinha relações estreitas com políticos sul-africanos e ”ajudou” o país na candidatura para 2010. O cartola tinha o conhecimento e a amizade para subornar seus companheiros e a África do Sul, federação sul-africana e até o alto escalão da FIFA o dinheiro.

É evidente o trabalho pesado do FBI e a justiça estadunidense nesse caso. A Copa de 2010 foi desmascarada, o que mais vem por ai?

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×