Blog do Celino Neto

Libertadores mais uma vez se mostra uma várzea… Desta vez a torcida do Boca Juniors dá vexame

75 Flares Facebook 24 Twitter 50 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 75 Flares ×

 A Libertadores é uma competição sensacional, se bem tratada pela Conmebol poderia ser uma ”Champions League da América Latina”, onde clubes de todo o continente se enfrentariam em busca da taça dentro de campo… Porém entre a competição europeia e a sul-americana existe um abismo colossal, a Conmebol não consegue realizar um torneio minimamente atraente e a competição vira uma verdadeira ‘casa da mãe Joana’, onde os torcedores ficam enjaulados como animais e agindo como verdadeiros psicopatas apaixonados por um clube, sem nenhum inteligência ou muito menos educação e bom senso.

Os fatores que resultam numa torcida na maioria das vezes feita por ‘hinchas’ que incentivam como ninguém, mas que contrapõem e destroem qualquer tipo de mérito. O novo episódio lamentável que entra na coleção da Copa Libertadores da América foi na La Bombonera, onde torcedores conseguiram levar à campo coisas inusitadas como gelo seco, drone(que carregava um fantasma da Série B, referindo-se ao River Plate) e até Gás de pimenta, isso mesmo, quando o ‘Los Millonarios’ entravam em campo para o segundo tempo um torcedor do Boca Juniors conseguiu atingi-los com o gás que causou mal estar.

A partida acabou suspensa após um longo período de discussões dentro de campo entre dirigentes da Conmebol, Boca, River e o árbitro.

Drone que entrou em campo no momento da partida que estava paralisada:
Jogador do River tentando limpar os olhos para amenizar o efeito causado pelo Gás de Pimenta:
Animais? Não, torcedores do Boca Juniors rasgando o túnel que poderia proteger jogadores e dirigentes do River Plate.
Jogador dentro de campo logo após ser atingido:


Torcedor que provavelmente jogou o Gás de Pimenta no túnel do River:

O que levam os torcedores chegarem a este ponto? É uma soma de fatores, mas o principal deles é a impunidade tipica da América Latina, que contribui de maneira significativa os torcedores agirem como animais. Os idiotas não são presos, a Conmebol não pune os clubes e os outros participantes quase sempre se omitem a algo do tipo. Entre o torcedor de teatro ‘coxinha’ Europeu e os ‘hinchas’ animalescos e violentos da América Latina, não existem dúvidas de qual está fadado ao terceiro mundo e qual é aquele que se deu melhor, quais torcedores se sentem tranquilos em levar sua família ao estádio? Jogadores como Lionel Messi ainda joga na América Latina? E o Neymar, Suárez, James Rodriguez, Vidal? Preferiram ficar para jogar a Libertadores? Não. A Conmebol está disposta a virar esta página? Pois bem, que retire o Boca Juniors da Libertadores, que é forte politicamente e historicamente para a competição, para que atitudes lamentáveis como esta não se repitam.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

75 Flares Facebook 24 Twitter 50 Google+ 1 LinkedIn 0 Pin It Share 0 75 Flares ×