Blog do Celino Neto

O que acontece com o Fluminense?

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Fluminense-Ma-fase-Blog-do-Celino-Neto

O Fluminense está à quase um mês sem vencer no Campeonato Brasileiro, após a vitória contra Figueirense na décima nona rodada, o time perdeu para o Joinville e Atlético-MG por 2 a 1, além de Corinthians por 2 a 0, Flamengo por 3 a 1, empatou com o Coritiba por 1 a 1 e por último, no último domingo, foi derrotado pelo Sport por 1 a 0. Com tantas derrotas o Tricolor Carioca amarga a pior campanha do segundo turno, com cinco vitórias e apenas um empate. O saldo de gols no geral é de -3, o mesmo do décimo segundo, Ponte Preta e pior que o Goiás, que é décimo quinto. É um desastre? Vai ser rebaixado? Não é para tanto, mas é preocupante um time que nas últimas edições do Brasileirão olhou mais para parte superior da tabela do que à inferior sofra com uma péssima sequencia de resultados.

Dois fatos são evidentes, primeiro que o Fluminense não fechou as portas como pensavam quando a Unimed deixou de patrocina-lo, e segundo, após todo o espanto causado por uma boa campanha inicial, o time não é tão bom quanto pintavam. A defesa continua insegura, o meio de campo com muito espaço e logo pouco eficiente e um ataque que depende de dias inspirados do Fred, e claro, dentro de campo e não no departamento médico.

Mas o que piora todos estes fatores citados anteriormente é que o Tricolor tem um técnico fraco em todos os sentidos, Enderson Moreira não é de resolver crises internas(muitas vezes piora, como foi o caso do Santos). Além, claro, do tiro no pé que foi a contratação de Ronaldinho Gaúcho, o primeiro motivo é que não existe nenhuma razão para o meia ser contratado, pois quem acompanha minimamente futebol(que acho que é o caso do Mário Bittencurt) sabe que R10 é um ex-atleta em atividade e só trás problemas para o clube, principalmente quando tem um elenco fechado e dedicado(o que parecia ser o Flu até então). Por que um reserva no Queretáro, do México, seria titular indiscutível no Fluminense? E ainda com o ”histórico na noite carioca” que tem Ronaldinho desde o Flamengo? É muito dinheiro em um sonho utópico, que seria a dedicação de R10 a jogar bola.

A junção de problemas resulta na pior campanha do segundo turno, abdicando de uma disputa que parecia clara nas primeiras rodadas, que era, pelo menos, uma vaga na Libertadores. Outros fatores que precisam ser questionados é: ”O quão valioso ainda é Fred para o Fluminense?” dentro de campo ele voltou a se contundir, e fora dele parece ter uma palavra muito poderosa no momento de escolher treinador e nas contratações, tanto que Drubsky e o próprio Enderson seriam indicações dele. O valor histórico do centroavante para o Flu é inegável, mas e o custo-beneficio? São várias incógnitas que passam pelo momento do Fluminense e merecem ser pensadas por Peter Siemsen.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×