Blog do Celino Neto

Mais um Brasileirão para o hospício!

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

rib7519

Agora não depende mais da matética, do Atlético Mineiro, ou de qualquer resultado que seja, o Corinthians é hexacampeão brasileiro! De um inicio de ano arrasador até um queda brusca dentro de campo e uma eliminação dolorosa da Libertadores da América. Sem Liberta e Copa do Brasil para dividir atenção, o objetivo era único, concreto e os comandados de Tite executaram seu objetivo com perfeição. O que acrescentar de elogios à este time já tão aclamado por todos? Simplesmente não existem mais adjetivos à aplicar a esta campanha, e ao técnico Adenor Leonardo Bachi, o Tite, que voltou de seu ano sabático com um repertório ainda maior.

O ano começou com Guerrero e Emerson Sheik no ataque, ambos saíram, Luciano assumiu o lugar fez muitos gols, se contundiu seriamente, Vagner Love se tornou opção, muito criticado o centroavante já neste reta final foi crescendo de produção e fez o ”gol do título” diante do Vasco da Gama em São Januário. O time com o melhor meio de campo da América Latina, criativo e com uma qualidade extraordinária, com Renato Augusto, Elias e Jadson no meio de campo, todos à nível de Seleção Brasileira, além de Ralf, mais marcador.

Nos pontos corridos, Tite e o Corinthians fizeram o que deveria ser feito, de maneira sem igual, a Arena se tornou um caldeirão onde o time consequentemente cresceu e cresceu muito! O resultado é um aproveitamento incrível, um aproveitamento de Campeão Brasileiro. Um time que conquista o título, mas deixa ao futebol mais que seu nome gravado entre os campeões brasileiros, mais que uma nova taça no ‘Hospício do Bando de Loucos’, Adenor Tite deixa o exemplo que os técnicos brasileiros precisam aprender… Não se acomodar! Enquanto muitos nomes com grife ”caminham” entre diversos clubes sem apresentar nada de novo, o Corinthians de Tite foi compacto defensivamente como já era em 2011, 2012 e 2013 e ainda por cima poderoso no ataque, contando com três meias que fizeram um Vagner Love de muito criticado à um dos artilheiros do campeonato.

1990, 1998, 1999, 2005, 2011 e agora 2015, nos últimos dois títulos o Corinthians foi de ‘piada paulista’, por não ter, até então, Libertadores da América, à 2015, quando o clube conquista o hexacampeonato brasileiro, já tem a Libertadores e ainda títulos Mundiais em sua sala de troféus, não esquecendo o estádio! Estes últimos anos são de felicidade corintiana, consequência de um ótimo centro de treinamento, investimento em sua casa e a manutenção de seus principais jogadores, os frutos são colhidos.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×