Blog do Celino Neto

Delcídio já havia dito que tinha o STF no bolso… E agora ele deixa a prisão

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Delcidioo

A prisão de um senador em atividade foi um marco histórico e um salto de civilidade e decência alto demais para se sustentar num país como o Brasil. Num país que tem uma Corte como a nossa, que após ser acusada por um senador de estar sendo manipulada dá a toda a população brasileira uma prova bem clara do que o próprio Delcídio já havia dito. O Supremo Tribunal Federal não é problema para a organização criminosa chamada Partido dos Trabalhadores e seu projeto pouco democrático de poder.

O brasileiro, hoje, pode perceber claramente que existe a Operação Lava-Jato, que funciona, que procura, que busca e que pune os culpados e em sua contramão, pela manutenção da república de bananas ao qual estamos presentes, existe o glorioso STF, que já dificultou o Impeachment da ilegítima presidente da república mais impopular da história e agora solta Delcídio do Amaral, que claramente trabalhou contra a Lava-Jato e pode continuar seu trabalho imundo.

Só para que não esqueçamos:

DELCÍDIO: Agora, agora, Edson e Bernardo, é eu acho que nós temos que centrar fogo no STF agora. Eu conversei com o Teori, conversei com o Toffoli, pedi pro Toffoli conversar com o Gilmar, o Michel [Temer] conversou com o Gilmar também, porque o Michel tá muito preocupado com o [Jorge] Zelada, e eu vou conversar com o Gilmar também.

Antes de continuar, informo, quem determinou a soltura de Delcídio foi Teori Zavascki, o mesmo que o senador revelou ter conversado na bombástica gravação.

EDSON: Tá.

DELCÍDIO: Por que, o Gilmar ele oscila muito, uma hora ele tá bem, outra hora ele tá ruim e eu sou um dos poucos caras…

EDSON: Quem seria a melhor pessoa pra falar com ele, Renan, ou Sarney?

DELCÍDIO: Quem?

EDSON: Falar com o Gilmar…

DELCÍDIO: Com o Gilmar, não, eu acho que o Renan conversaria bem com ele.

(…)

DIOGO: Hoje tem reunião de líderes.

DELCÍDIO: Eu falo com o Renan hoje.

EDSON: Tá bom.

DELCÍDIO: Hoje eu falo, porque acho que o foco é o seguinte, tirar [o Cerveró da prisão], agora a hora que ele sair tem que ir embora mesmo.

Em outro trecho:

DELCÍDIO: Hoje eu falo, porque acho que o foco é o seguinte, tirar; agora a hora que ele sair tem que ir embora mesmo.

BERNARDO: É, eu já até pensei, a gente tava pensando em ir pela Venezuela, mas acho que… deve se sair, sai com tornozeleira, tem que tirar a tornozeleira e entrar, acho que o melhor jeito seria um barco… É, mais porque aí chega na Espanha, pelo menos você não passa por imigração na Espanha. De barco, de barco você deve ter como chegar…

EDSON: Cara é muito longe.

DELCÍDIO: Pois é, mas a ideia é sair de onde, de lá?

BERNARDO: Não, da Venezuela, ou da…

(…)

DELCÍDIO: Não, mas a saída pra ele melhor, é a saída pelo Paraguai…

BERNARDO: Mercosul…

EDSON: Mercosul, porque o pessoal tem convenções no Mercosul, a informação é muito rápida.

DELCÍDIO: É?

EDSON: É.

EDSON: (…) seria melhor, porque ele tá no Paraná, atravessa o Paraguai…

DELCÍDIO: A fronteira seca…

EDSON: (…) Entendeu, e vai embora, eu já levei muita gente por ali, mas tem convênio, quando você sai com o passaporte, mesmo…

DELCÍDIO: Eles trocam…

(…)

DELCÍDIO: Mas ele tando com tornozeleira como é que ele deslocaria?

BERNARDO: Não, aí tem que tirar a tornozeleira, vai apitar e já tira na hora que tiver, ou a gente conseguir alguém que…

EDSON: Isto a gente vai ter que examinar.

(…)

Interrompo novamente, está é uma conversa do filho de Nestor Cerveró, preso pela Lava-Jato, com o senador petista Delcídio Amaral, líder do governo no senado, planejando a fuga de um criminoso. Este senador que Teori Zavascki parece não ver problema em tentar cuspir na justiça brasileira.

EDSON: Não sei o custo disso, vou apurar tudo isso eu tenho amigos que tem empresa de táxi aéreo, de aviação, entendeu, ver com eles qual o custo disto, a gente bota no avião e vai embora.

DIOGO: Mas estes de pequeno porte eles cruzam?

(…)

BERNARDO: Deve parar na [ilha da] Madeira, alguma coisa assim.

EDSON: Depende, se você pegar um…

DELCÍDIO: Não, depende do avião.

EDSON: Citation

DELCÍDIO: Não, não Citation tem que parar no meio… tem que pegar um Falcon 50, alguma coisa assim…

DELCÍDIO: Aí vai direto, vai embora…

EDSON: Se for direto ótimo.

DELCÍDIO: Desce na Espanha.

Com mais esta decisão, o STF mostra que não tem compromisso algum contra a impunidade no Brasil, após dar um passo a frente importante nesta semana, dá vinte atrás soltando um senador da república que planejava a fuga de um preso. E que ainda por cima revelou ter forte influência na maior corte do país. Após ser citado nas declarações de Delcídio, como um dos possíveis influenciados, Teori Zavascki tem alguma legitimidade para decidir pela saída do criminoso senador petista da prisão? Tirem suas conclusões. Em 2016 é um ano importante para a Lava-Jato, estão chegando muito próximo do alto escalão, estão mais próximos do que nunca do grande líder desta desordem, mas o batalhão de Ministros e ex-Ministros do STF, políticos, advogados e pessoas influentes a serviço desta organização criminosa não vai se render facilmente. 2016 é o ano em que teremos a certeza se ainda somos um país democrático ou se, oficialmente, com uma corte aparelhada, uma imprensa pouco eficiente em sua maioria e uma economia quebrada, já podemos nos considerar num país não democrático.

Abaixo você vê Teori Zavascki, o homem citado nas gravações de Delcídio, que não vê problemas em tentar fugir com um prisioneiro e que compõe a gloriosa corte brasileira.

TeoriZavascki

vergonha na justiça

(Visited 232 times, 1 visits today)

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×