Blog do Celino Neto

Rodrigo Janot quer fatiar as investigações decorrentes da delação de Delcídio

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

RodrigoJanoteDilma

Esta penúltima semana de março está sendo sangrenta. E o principal alvo são as instituições e a democracia no Brasil. Após Teori Zavascki dar verdadeiros “super-poderes” a Lula, em uma decisão que sujou a história do Supremo Tribunal Federal. A organização criminosa travestida de partido político que é o PT age de maneira desesperada para continuar no governo. Além do STF, o governo não para de atacar a Lava-Jato; Dilma faz discursos cada vez mais inflamados; Milton Rondó Filho usou o Itamaraty para mandar telegramas à embaixadores afirmando que o país estava sofrendo um golpe; Militância petista cada vez mais violenta nas ruas; Lava-Jato com comportamento estranho(como relatei neste post) e até um planejamento de decretar “Estado de Defesa” para restringir os direitos de reunião, sigilo de correspondência, de comunicações telegráficas e telefônicas. Agora o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, quer desmembrar as investigações decorrentes da delação de Delcídio Amaral. Vamos à notícia do O Financista:

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que as denúncias feitas pelo senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), em sua delação premiada, sejam divididas em 20 casos. O pedido precisa ser autorizado pelo ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF.

Caso a divisão seja aceita, cada um dos fatos passará a ser um processo independente. A procuradoria vai decidir como procederá em relação a cada um dos fatos relatados por Delcídio.

A delação do senador Delcídio do Amaral foi aceita pelo ministro do STF Teori Zavascki no último dia 15. No acordo, o senador se comprometeu a colaborar com as investigações da Lava Jato.

É preocupante a situação do país, e uma investigação que poderá decidir o futuro da política nacional será dividida em 20 casos para 20 investigações independentes? Isso enfraquece a delação e pode acontecer o mesmo que ocorre na Lava-Jato, com a investigação de Curitiba altamente competente e rápida, enquanto Brasília demora em seus avanços. Ainda por cima, por conta da PGR de Rodrigo Janot, Aloizio Mercadante continua solto mesmo após tentar subornar Delcídio para que o mesmo não fizesse delação, uma clara tentativa de obstruir a Lava-Jato. Em muitas ocasiões Janot parece preferir escolher os holofotes no lugar da ação.

(Visited 166 times, 1 visits today)

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×