Blog do Celino Neto

Precisamos reconhecer os momentos de elogiar a CBF

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

taca_brasileirao_2016

A Confederação Brasileira de Futebol não é nenhum exemplo de gestão limpa, bem sucedida e clara, seus últimos presidentes também não são exemplos de idoneidade e honestidade, porém existe um fato que, particularmente, acho inegável. Eles vem tentando melhorar. Mesmo que aos poucos e mesmo que ainda não seja limpa, a CBF vem tratando com maior carinho, principalmente, seu grande campeonato.

Nesta quinta-feira, pela primeira vez a CBF organizou uma festa oficial de lançamento do Campeonato Brasileiro. Neste evento foram anunciadas novidades que acho importantíssimas, a rodada do final de semana agora se estenderá até às 20h da segunda-feira, repetindo moldes de grandes competições esportivas em todos os lugares no mundo e que será muito bem-vindo para os torcedores. Obviamente que haverão os jornalistas esportivos de sempre que se dedicam exclusivamente a criticar os eventos esportivos que não podem transmitir que acharão ruim e já esbravejam “O trabalhador não poderá assistir esta partida, pois é logo na segunda-feira”, muito curioso estas mesmas figuras desconsiderarem os estádios lotados dias de quarta e quinta-feira. Assim como o horário das 11h do domingo na edição 2015 do Brasileirão, creio que às 20h da segunda-feira também será uma grata surpresa, talvez não na mesma proporção de adesão, mas sem dúvidas uma maneira de evoluir a competição.

Assim como na temporada passada já tivemos uma maior padronização nos estádio, com a competição, enfim, aderindo a um escudo oficial e uma mudança daquela taça horrível de antes, agora o Brasileirão vai contar com um tema oficial, como acontece na Premier League, Liga BBVA, Ligue 1, Bundesliga, Champions League, Europa League e a esmagadora maioria das principais competições esportivas.

O Brasileirão vai ganhando, cada vez mais, moldes de profissionalismo e estrutura digna da maior competição de futebol do país. A CBF ainda erra e erra muito, como no caso de contratar e manter um “técnico”(?) como Dunga na Seleção Brasileira e até permiti-lo comandar o time Sub-23 nas Olimpíadas, mas eles parecem enfim querer evoluir o futebol dentro do país com uma estruturação necessária e importante de nossa principal competição. Existem diversos momentos em que a Confederação Brasileira de Futebol merece ser criticada, mas este momento é de visível evolução.

Aviso para os leitores: Este espaço esteve inundado, quase que exclusivamente, de política desde o fim do Brasileirão 2015 por um motivo simples: Os estaduais são uma chatice! A fase final da Libertadores, Brasileirão 2016, Copa América, Eurocopa, Olimpíadas também serão temas por aqui. Falta pouco mais de uma semana 😉

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×