Blog do Celino Neto

O estadista Trump!?

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

donald-trump-blogdocelinoneto

Qual Donald Trump irá administrar a maior potência mundial? O Trump malvado pintado por grande parte da imprensa ou o Trump do primeiro discurso após ser eleito o próximo presidente dos Estados Unidos da América? Sinceramente, tenho uma dificuldade em levar a sério grande parte dos analistas políticos(recomendo esta dificuldade para você também), logo não acredito que ele irá presidir o país como se estivesse jogando videogame como muitos sugerem ou voltando ao modos operandi de inicio do século XIX para poder restabelecer a escravidão, primeiro por um motivo simples, ele não conseguiria, e segundo pois isso não passa de discurso de blogueiro(a) idiota do Huffington Post.

Esse cenário pós-Apocalíptico que os grandes veículos de comunicação tentaram impor ao longo deste ano para definir de maneira simplista diversos fatos pelo mundo não funcionou com o britânicos, colombianos ou mesmo brasileiros(Você lembra do discurso de que “o Impeachment é perigoso e traumático”), nesta eleição americana também não funcionou contra o Donald Trump. Os factoides não são mais facilmente aceitos pela maioria.

Trump moldou sua forma de fazer política desde as primárias republicanas, onde precisava se apresentar para os americanos, até a indicação para a disputa contra Hillary Clinton. Após conseguir os 270 delegados necessários para se tornar o homem mais poderoso do planeta Trump amenizou ainda mais seu discurso:

“Ela(Hillary Clinton) me ligou para me parabenizar por nossa vitória, e eu a parabenizei por uma campanha muito, muito dura. Ela lutou muito forte”

E também:

“A todos os republicanos, democratas e independentes, nesta nação digo que é momento de nos reconciliarmos como um povo unido. Trabalharemos juntos na tarefa de renovar a nação e construir nosso sonho”

Claramente um tipo de discurso distante da campanha e em tom de estadista. Volto a pergunta do inicio do post, é este Trump que teremos em 2017? Ou o Trump diabólico que vai deportar todo mundo e explorar negros, latinos e mulheres? Como já afirmei só o tempo dirá. Mas prefiro não seguir o discurso daqueles que deram vexame em todo o ano de 2016 não só no Brasil como em todo o mundo, e são os grandes derrotados, a grande imprensa.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×