Blog do Celino Neto

A morte de Teori Zavascki e a grande questão, foi mesmo um acidente?

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Infelizmente creio que esta resposta para esta questão nunca saberemos, mas estranhezas não faltam. O ministro do Supremo Tribunal Federal relator do maior caso de corrupção da história do país, este que evolve praticamente todos os partidos e principais figuras políticas realmente morreu num “acidente” de avião? E mais estranho ainda, logo o ministro que não costumava conversar com os políticos ou ter relação próxima? Logo aquele que antecipou suas férias para poder homologar a grande delação premiada da Operação Lava-Jato, a delação da Odebrecht, que promete comprometer toda Brasília? O ministro que inclusive já havia sido ameaçado de morte como o próprio revelou.

É triste pensar que a política brasileira chegou ao nível de assassinar um ministro do STF para que este não coloque na cadeia seus principais nomes, mas é impossível? Teoria da conspiração para malucos? Ou, pelo menos, improvável? Infelizmente creio que não. As redes sociais dão vozes a pessoas inteligentíssimas assim como a escória, logo absurdos dos mais patéticos são espalhados com facilidade, porém existe um certo consenso, não tem como haver tal coincidência, não é apenas “azar da Lava-Jato”.

Peço desculpas aos leitores que acham que é exagero, mas sou incapaz que acreditar em tamanha coincidência. No país passando por uma crise não apenas econômica como política, social e institucional. País que já conhece os casos de Toninho do PT e, principalmente, o emblemático caso de Celso Daniel. Não existem limites para quadrilheiros tentando escapar da prisão, assim como não havia para saquear a maior estatal do país ou ocupar toda a grande maioria do setor público com soldados do partido.

Apesar de ser o principal alvo, por estar saqueando o país por mais de uma década, a organização criminosa chamada Partido dos Trabalhadores não seria a única atingida pela gigantesca delação. PMDB, PSDB, PSB e diversos outros nomes políticos, empresariais e até jurídicos seriam revelados, o que aumenta as suspeitas e os “inimigos” de Teori Zavascki, já que o mesmo era fechado, como afirmou Romero Jucá nos famosos áudios vazados.

Duas coisas preocupam daqui para frente:

Primeiro a segurança da força tarefa da Lava-Jato, muito criticada por se “expor demais”, mas isso se mostra, neste momento, fundamental. Não duvido que se Sergio Moro não fosse uma figura tão respeitada e admirada pela população brasileira já estivesse num caixão. Ainda por cima com malucos psicopatas por aí que servem seus partidos de maneira cega. A internet é cheia deste tipo de gente, e por mais que 99% dos que ameaçam atrás de um computador nada façam, existe o 1% que pode causar perigo.


Segunda preocupação é: Quem Temer irá indicar para o lugar de Teori Zavascki? Este é outro grande problema, pois será o futuro relator da própria Operação Lava-Jato se Carmen Lúcio não decidir por um novo sorteio. Provavelmente a pressão de nomes como Renan Calheiros, Romero Jucá e mesmo de fora do PMDB, de políticos de PSDB e mesmo da organização criminosa petista já deve ser grande. Este ministro poderá melar a Operação Lava-Jato e ser partidário das causas de Temer, mas é algo que não se pode afirmar com tanta convicção. Inclusive comentei no Twitter:

Temos dois ministros indicados no período petista, de um lado Ricardo Lewandowski que segue a cartilha do partido e do outro Edson Fachin, que tinha tudo para seguir os passos do primeiro, mas que até o momento vem se mostrando lúcido em suas decisões. O que significa não ser uma matemática exata ter um ministro do STF nas mãos, afinal é um cargo vitalício.

Finalizo este texto afirmando que sim, pode ter sido apenas um “acidente”, mas que não acredito nisto. Infelizmente o momento da política brasileira impede descartar qualquer hipótese, inclusive o assassinato de um ministro da mais alta corte do país para abalar de maneira certeira a Operação Lava-Jato.


Observação – Outro fato que deixa ainda mais claro, ao meu ver, de que não foi um simples acidente, é a notícia de que a foto do modelo de avião do acidente no site Jetphoto(especializado em aeronaves) recebeu 1.885 visualizações no dia 3 de janeiro, duas semanas antes do acidente desta quinta-feira. Coincidência? Esses número são muito acima da média como mostra o gráfico abaixo:


Teori Zavascki deixa três filhos. Se tornou ministro do STF em 2012 por indicação da então presidente da República, Dilma Rousseff e ficou viúvo em 2013. Morreu aos 68 anos quando viajava de São Paulo para o litoral sul do RJ. Teori nasceu em 15 de agosto de 1948.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×