Blog do Celino Neto

Sete motivos para ser totalmente contra as “Diretas Já”

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

A bandeira vermelha acima com o simbolo comunista deveria ser o suficiente para te convencer que seguir CUT, MST, PCdoB, PSOL, Rede e PT não traz lá grandes benefícios ao país. Não sei se você se lembra, caro leitor, mas um governo amado por esta gente conseguiu bater recordes mundiais quando se trata de esquema planejado de corrupção, controlando não só sua bancada com propina como de outros partidos, o que é ainda mais grave. Maior escândalo de corrupção da história, ok, já seria um ponto. Aparelhamento estatal também seria outro ponto a se levar em consideração. Mesmo assim vou elencar outros sete para você ser contra este malicioso movimento inconstitucional intitulado de “Diretas Já” e que infelizmente tem alguma adesão:

1 – É um verdadeiro golpe!

Se você não é petista deve saber que existe algo no Brasil chamado de Constituição da República Federativa do Brasil, aprovada pela Assembleia Constituinte em 1988. Não é preciso dizer que é a Constituição que rege um verdadeiro Estado Democrático de Direto, tudo bem que os “guardiões da constituição”, ou seja, o STF não liga muito para ela, e os políticos muito menos, porém sentimos na pele o preço por não segui-la. Pedir “Diretas Já” neste momento, diferente do Impeachment daquela senhora que cometia atos de terrorismo e se vangloria deles até hoje (além de ter alguns milhões no exterior), é golpe! Pois não consta eleições diretas em caso da queda do presidente em exercício se estiver em seus dois últimos anos de mandato. Para simplificar ainda mais, é o mesmo que um juiz de futebol falar aos 30 do segundo tempo que o resto da partida pode pegar a bola com as mãos, é simplesmente ilegitimo, não está nas regras.

Se o Brasil fosse um país minimamente sério, isso já bastava, sem membros dos três poderes passando vexame pedindo algo que está contra a Constituição do país. Eleições diretas em 2017, ou mesmo antes da data determinada pela lei que é: Dia 2 de outubro de 2018 não passa de um golpe.

2 – Quem pede “Diretas já” também pede o fim da Operação Lava-Jato

Faça o teste, vá até o sindicato mais próximo, e se eles estiverem trabalhando, pergunte se apoiam as “Diretas Já” para um de seus membros, se sim, pergunte o que acham do juiz Sérgio Moro. Se não quiser se dar a este trabalho basta ter o mínimo de atenção nestas manifestações e nos políticos, artistas e pseudo-intelectuais que pedem “Diretas Já”, como o cidadão acima, que afirma estar vivendo numa ditadura, ora, que tipo de regime autoritário é este em que ele está livre, leve e solto com um cartaz patético deste no meio da rua? Sem perder tempo com baboseiras vamos para os exemplos! Gleisi Hoffmann, sim aquela chamada de “A amante” nos codinomes do setor de propina da Odebrecht, veja ao que a Senadora já disse contra Sérgio Moro:

“Vossa senhoria é parte, está quase como chefe de torcida, ou melhor, está como chefe de torcida, porque, reiteradamente, tem dito que precisa ir à imprensa, que precisam ser divulgados todos os atos da Operação, todos os atos do Judiciário, para que tenha o apoio da opinião pública. Ora, o seu papel não é buscar apoio da opinião pública, o seu papel é buscar a verdade. Se vossa senhoria precisa inflamar a opinião pública, é porque não tem certeza da verdade, sabe que essa verdade que busca não existe e transforma isso num processo político. É vergonhoso para uma democracia o que nós estamos assistindo nesse processo contra o presidente Lula

Conhece Lindbergh Farias, ou “Lindinho” segundo o codinome do departamento de propinas da Odebrecht, veja ao que ele fala sobre a Operação Lava-Jato e Sergio Moro:

“O que nos impressiona e preocupa é a generalização de medidas de exceção, o uso abusivo de prisões preventivas para forçar delação, o uso abusivo de interceptações telefônicas, vazamentos, a discussão sobre direitos e garantias individuais, a presunção da inocência. Nos preocupa a seletividade quando se trata de agentes públicos. Eu digo no caso das conduções coercitivas, algo em torno de 200 na Lava Jato”

Acho que “o Lindinho” não reclamou da gravação feita do presidente Michel Temer… Não precisamos ainda sair do Partido dos Trabalhadores, o deputado Wadih Damous que já chegou a chamar o juiz Moro de criminoso, também defende as Diretas Já, evidentemente.

3 – Não passa de um “comício paralelo” do PT

Lula presidente… Mais um caso em que só se você for muito inocente (para não falar ignorante, pois pega mal), para não perceber. Quais são as cores do protesto por “Diretas Já”? Verde, Amarelo e Azul correto? Já que são defensores do país acima de tudo e falam em nova constituinte e fazem toda a alusão a queda do Regime Militar, então eles são pró-Brasil correto? Errado! Os poucos que vão as ruas, no máximo conseguem reunir uns 10 mil, vestem sempre vermelho.

Bandeiras? PT, CUT, REDE, PSOL, PCdoB, PCO, MTST e até com o famoso simbolo comunista.

Camisas? Com foto da Lula, Dilma, simbolo comunista, do PCdoB e até aquela clássica do Che Guevara.

Faixas? Pedindo a volta de Lula, afirmando que o governo é golpista (quando na verdade eles que clamam por um golpe) e claro falando “Diretas Já”, mas nunca em verde e amarelo, sempre vermelho!

Temos duas hipóteses: Essa gente vê vermelho em algum local na bandeira do nosso país onde ninguém mais vê, ou eles estão com a turminha da extrema-esquerda e insatisfeitos por terem deixado o poder.

4 – O objetivo? Livrar Lula da cadeia!

O juiz Sérgio Moro não é lento e eles estão desesperados com o prosseguimento do processo contra Luiz Inácio Lula da Silva e as denúncias que o ex-presidente e chefe de quadrilha recebe a cada semana. O depoimento do ex-presidente foi um desastre, as provas que tem a Lava-Jato já podem leva-lo à uma condenação e ainda por cima temos delações como de Renato Duque e Palocci (homens próximos à Lula) sendo fechadas. A única esperança? Convocar eleições em cima da hora e tentar a última cartada que pode salvar o criminoso-mor da república brasileira, que é levando-o à presidência.

Essa gente não tem escrúpulos, e enquanto Aécio Neves chora e esperneia em busca de algum apoio e não tem nenhum, para Lula, Dilma e os criminosos petista sobram militantes amorais dispostos a defende-los até a morte. E a Operação Lava-Jato fez um favor de deixar isso muito claro atingindo todos os partidos, doendo a quem doer, aqueles que tem “bandido de estimação” ficaram expostos. Ou você viu alguém gritando “Temer, guerreiro do povo brasileiro”? Eu também não.

5 – Quem convoca as manifestações?

Sabe quem é o barbudo na esquerda da imagem, com o punho erguido, para variar um pouco? Guilherme Boulos, presidente do MTST e que pede “Diretas Já”. Recebeu quase R$ 90 milhões apenas no governo Dilma Rousseff para “construir moradias” pelo Minha Casa Minha Vida, ou seja o seu dinheiro indo para os cofres do MTST, essa foi apenas uma das várias ações petista para financiar seus fiéis escudeiros. Apesar de liderar o “Movimento dos Trabalhadores Sem Teto”, Boulos de sem teto não tem nada, e o dinheiro ganho por seu movimento no governo do Partido dos Trabalhadores é vasto e ao mesmo tempo muito suspeito. Boulos já foi preso por jogar rojões contra a Polícia Militar, mas logo foi solto por ter um advogado nada acessível para o “proletariado” em geral.

Outros que estão lutando pelas “Diretas Já” além do MTST são:

  • PSOL (Partido Socialismo e Liberdade)
  • MST (Movimento Sem Terra)
  • Rede Sustentabilidade
  • PCdoB (Partido Comunista do Brasil)
  • PCO (Partido da Causa Operária)
  • CUT (Central Única dos Trabalhadores)
  • NCST (Nova Central Sindical de Trabalhadores)
  • Atrizes ligados ao PSOL, como Leandra Leal e Patrícia Pillar
  • Cantores ligados a extrema-esquerda brasileira, como Caetano Veloso, Mano Brown, Maria Gadu, Criolo e Teresa Cristina (tenho que admitir que recorri ao Google para saber quem são estes dois últimos)
  • Além de meios de imprensa de esquerda e amplamente financiados no governo petista, como: Diário Centro do Mundo, Mídia Ninja, CartaCapital, Brasil 247 entre outros dessa “galerinha”, não duvido que nos próximos dias a Folha de São Paulo, que é praticamente uma CartaCapital com grife, publique um editorial defendendo esse movimento antidemocrático assim como OGlobo e Estadão (Este último que já foi respeitável).
6 – São, além de golpistas, uma milícia que promove ataques terroristas

A extrema-esquerda foi tirada do poder por vias democráticas e está com sede de sangue, isso foi deixado bem claro em Brasília, ontem dentro do Congresso com parlamentares petistas e suas linhas auxiliares e nesta quarta-feira (24), nas ruas, com Brasília sendo alvo de incêndios, destruição de carros, ataque a PM (não duvido que ela vai sair como vilã da história, nunca duvide da imprensa!), depredações e parecendo mais Caracas, na Venezuela, com pichações como esta:

“Morte à burguesia!”, “Bala por Bala!”, “Greve Geral!” e claro, o símbolo comunista, para não fugir do script. Essa gente pede “Diretas Já!”, e os canalhas do jornal Folha de São Paulo ainda reclamaram pois a “direita brasileira” não aderiu aos protestos, por isto foram um fracasso apenas com bandeiras vermelhas, obvio que não aderiram! Um cidadão honesto, com uma família, moral e discernimento, vai se juntar à milicianos de extrema-esquerda, comunistas e terroristas em Brasília? Obviamente que não!

AVISO: Este é o objetivo da extrema-esquerda sempre!!!! Se planta o caos, para colher soluções milagrosas como a tal “Diretas Já”. Esta é a mentalidade revolucionária.

7 – Repetindo: É inconstitucional!!!!!

O Brasil ainda é Brasil, felizmente nossa bandeira ainda é verde, amarela e azul e não vermelha. Logo a nossa Constituição de 1988, mesmo com todos os seus defeitos, precisa ser respeitada. Todas as saídas precisam seguir a legalidade e as “Diretas Já”, além de um delírio da extrema-esquerda não passa de um golpe, esse sim verdadeiro. Logo segundo a Constituição Federal, se Michel Temer cair, seja via renuncia, cassação pelo TSE ou Impeachment, o presidente da Câmara dos Deputados assume e automaticamente convoca eleições indiretas em trinta dias, e assim o país tenta seguir seu rumo, sempre fugindo daqueles que exaltam bandidos e tem como forma de mostrar força, a depredação, intimidação e o terrorismo. Conforme a lei, simples assim.

Estes são sete motivos para você fugir dessa ideia maliciosa, anticonstitucional e principalmente golpista, chamada “Diretas Já!”.

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×