Blog do Celino Neto

A esquerda e a pedofilia de mãos dadas

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

A degradação cultural não só brasileira como em todo o mundo toca em alguns pontos específicos que simplesmente mudam drasticamente a cultura ocidental, entre os vários pontos atacados por esta agenda predominante estão Religião, Família, Liberdade de pensamento e a Moral. Nestas várias frentes atacadas pelo sistema de narrativa vigente está a sexualização precoce, uma pauta que não tenho dúvidas que você já percebeu. Seja num baile funk ou em um museu, creio que não sei mais distinguir ambos em nosso país, cada vez mais se perde qualquer noção em busca de um ‘hit de sucesso’ no caso dos bailes funk, ou em fazendo “arte” nos museus. A linha de pensamento daqueles que organizam exposições é quase hegemônica. Não gostou? Fascista, Nazista, Preconceituoso, Homofóbico, Xenófobo, entre outras acusações que você já deve conhecer e que surgem aos montes.

O caso que espantou muitos recentemente foi o “Queermuseu”, que exibiu obras pornográficas, com direito até a zoofilia exibida para crianças! Com renúncia fiscal, que nunca pode faltar quando se trata desses “artistas”. Mostrar material pornográfico para garotos e garotas em idade escolar causou uma reação da sociedade, que resultou num boicote ao Banco Santander que bancava toda esta porcaria via Lei Rouanet. Algo normal e democrático que existe em qualquer democracia do mundo, clientes não gostaram do que a empresa patrocinou? Boicote neles! Simples assim e algo que a esquerda é especialista (ou você nunca se deparou com textão de Facebook ‘denunciando’ determinada empresa por machismo, homofobia ou algo do tipo?) e por ser um domínio deles, até determinado momento, ficaram extremamente irritados quando houve uma contrapartida à essa agenda nefasta.

Com direito a Folha, Band, Estadão e também Buzzfeed e Carta Capital (existe alguma diferença entre eles?) com grandes artigos exaltando “O perigo que é censurar o caso da Queermuseu”, destacando como “censura” um simples boicote e atribuindo, injustamente, ao MBL. Tudo pois a esquerda continua ressentida com o Impeachment da terrorista Dilma Rousseff e procuram qualquer coisa sobre o movimento para queimar a reputação deles.

Na última quinta-feira (28/09), repercutiu pelas redes sociais isso:

E também o vídeo:

Museu de Arte Moderna de SP e mais uma performance patética e até criminosa. Mais precisamente: “35º Panorama da Arte Brasileira – 2017”, depois não reclamem e peçam motivos para saber porque o brasileiro não gosta de “arte”, já que a mesma é usada como panfleto ou para promover este tipo de crime. Ah e se você ainda não acreditou, sim, é uma criança tocando um homem adulto pelado, com ajuda, incentivo e orientação de uma mulher também adulta. A descrição dos esquerdistas no Instagram? “A poesia está nos olhos de quem vê”.

Estou exagerando ao traçar um paralelo entre a esquerda e a pedofilia? Ok, então vamos aos exemplos de como estas ações viraram método de Chocar > Acostumar > Aceitar > Legalizar:

Começando pela Inglaterra, o jornal de extrema-esquerda The Guardian trouxe uma matéria, em 2013, chamada: Paedophilia: bringing dark desires to light. A publicação deu espaço à Sarah Goode, da Universidade de Winchester, que em sua defesa a pedofilia afirmou que um a cada cinco homens pode ser “sexualmente despertados” por crianças. Outra coisa que afirma Sarah é que não tratar pedófilos como pessoas normais só prejudica a sociedade, que seria melhor, em sua visão, caso esses criminosos doentes fossem plenamente aceitos.


Querem exemplos no jornalismo brasileiro? Tudo bem, Rita Lisauskas é a esquerdista típica do jornalismo brasileiro, um simples acesso a sua conta no Twitter você percebe o viés da funcionária do Estadão e da Rádio Eldorado. Ela ironiza o fato e ainda usa o MBL para brincar e tirar sarro.



O professor de Filosofia Paulo Ghiraldelli, aquele que em 2013 desejou que a jornalista Raquel Scheherazade fosse estuprada, certa vez publicou que: “pedofilia é invenção de “burguês”, “pedofilia não é crime” e até que “Jesus era pedófilo”, uma forma até comum da esquerda provocar é colocando Jesus nestes tipos de comparação, quando afirmam que “Jesus foi socialista”, “Jesus era pedófilo” entre outras bizarrices que visam embasar sua credibilidade diante do grande publico cristão que tem o Brasil.


Guilherme Shelb, Procurador da República, chegou a denunciar uma “revolução silenciosa em creches e escolas” durante o governo de Dilma Vana Rousseff. O ocorrido foi em 2015 e Guilherme afirmou:

“Há muitos anos, as escolas e creches tem sido local de uma revolução silenciosa. O governo federal brasileiro, também os estaduais e alguns municípios escolheram as escolas como local de propagação de ma ideologia moral e sexual abusiva contra as crianças”

Confira o vídeo:


Estamos em 2017 e o que acontece?

Atividade escolar com beijo lésbico no interior da Paraíba, os professores queriam promover a “diversidade de gênero”, resultado? Duas alunas adolescentes se beijam em forma de protesto, incentivado pela escola, professores e, claro, os alunos doutrinados. Confira o vídeo bizarro:

Ah, não esqueça que “Não existe doutrinação nas escolas e que o ensino brasileiro não é parcial”. Mais de dez estudantes dão as mãos em um semicírculo e falam: “Eu sou a cura. Nós somos a cura. Somos muito mais do que isso”. Duas adolescentes ficam ao centro do palco, com a bandeira LGBT nas mãos. Ao fim da apresentação, elas se beijam. Os adolescentes filmados estão no 1º ano do ensino médio e são incentivados a se beijarem numa especie de ritual contra preconceitos bizarro. Fruto de uma educação podre e sem qualquer tipo de valor, apenas militância, dingo das piores posições nos rankings de avaliação estudantil.


Vamos ao UOL, um dos portais (entre aqueles que as pessoas levam minimamente a sério) mais esquerdistas do país:

O blog Mulher trouxe em 2015 uma matéria com o seguinte título: “Pedofilia não é sinônimo de abuso sexual e também requer ajuda”. Infelizmente a publicação foi excluída, mas Yannik D’Elboux afirmava:

“Nem todos aqueles que exploram sexualmente um menor são pedófilos. Além disso, muitas vezes os portadores dessa parafilia estão mais interessados em uma relação de afetividade com a criança do que em sexo.”

Pobres coitados… Vamos ter uma campanha de combate ao preconceito aos pedofilios?


“Ah Celino, você está exagerando, este não é o comportamento da esquerda”. Então vamos para mais exemplos!!!

Huffpost, site queridinho da esquerdinha Starbucks, noticiou que: Menino de 8 anos realiza sonho de aprender a se maquiar como uma drag queen

Obviamente o Huffpost tratou em tom elogioso os pais da criança, alguns trechos da publicação:

É sempre emocionante ver uma criança realizar um sonho. Com o norte-americano Ethan, de oito anos, não foi diferente.

Nesta semana, o menino entrou em uma loja de maquiagem na Flórida acompanhado da mãe, onde foi atendido por Joey Killmeyer, maquiador há 15 anos.

Ethan pediu a Killmeyer que lhe ensinasse a fazer uma maquiagem de drag queen, como ele já viu em tutoriais na internet. O resultado é de tirar o fôlego:

“O resultado é de tirar o fôlego”, “É sempre emocionante ver uma criança realizar um sonho”, isso mesmo, tenta-se normalizar este tipo de atitude ridícula dos pais da criança:

Se isso não é sexualização precoce de uma criança não sei o que é… Mas o mais bizarro é ver o discurso da mãe deste garoto:

“A sociedade precisa se desviar do que é tipicamente conhecido como regras de gênero e estereótipos, e aceitar que é ok um menino usar maquiagem e se expressar como um artista. Isso não define a identidade de seu gênero nem sua preferência sexual. Ele apenas está explorando e sendo uma criança! Julgar muito e ter a mente fechada com esses assuntos não apenas machuca nossas crianças, mas também inibem a liberdade delas de autoexpressão e as impedem de abraçar suas verdadeiras identidades”.

Se expressar como um artista? Sim, a esquerda adora afirmar que tudo é arte, desde dois garotos tendo relações sexuais com uma cabra na exposição do “Queermuseu” até um garoto de oito anos maquiado. TUDO É ARTE!


Quem usava com frequência as redes sociais no inicio do segundo mandato de Dilma Rousseff deve lembrar da frustrada tentativa de emplacar o “Humaniza Redes”. Entre as diversas publicações deste ‘projeto’ esteve a clara tentativa de relativização da pedofilia como você pode ver na imagem abaixo:


2014 e a revista Vogue Kids fez um ensaio que causou uma enorme discussão na época, felizmente a revista foi tirada de circulação, porém nela mostrava-se crianças fazendo poses sensuais, basicamente um ensaio adulto com garotas de 09/12 anos. Lembrando que a Vogue Kids é da Editora Globo, taxada como direitista, conservadora, cristã entre outras coisas absurdas ditas pela esquerda.


Toda pessoa que abusa de criança ou adolescente é pedófilo! Afirmação obvia tratada como um mito não só pelo Humaniza Redes como pelas esquerdas em geral, que tentaram emplacar um discurso politicamente correto para camuflar a promoção de tal ato repugnante e criminoso. Usam a pedofilia negativamente para tratar os escandaloso lamentáveis e criminosos que aconteceram com a Igreja Católica, mas para tratar assim o pessoal de “artes e cultura” não se usa a mesma régua.

A pauta é muito clara e a narrativa também, eles irão continuar a relativizar a figura do pedófilo como se fosse um coitado. Eles irão continuar a mostrar exposições pornográficas à crianças e até induzindo-as a tocar em um homem nu. Limite? Vários grupos esquerdistas, até partidos políticos, fora do Brasil já reivindicam a diminuição da idade que se considera pedofilia em busca sempre de quebrar os pilares civilizacionais do ocidente, a esquerda não tem limites quando a pauta é “quebrar tabus”.

É assustador, mas todos aqueles que não querem seus filhos pegando em canalhas nus em nome da “arte” ou vendo pornografia travestida em expedição escolar deve reclamar com a diretoria do colégio e orientar a própria criança, sempre com a opção de recorrer a modos de divulgar nas redes sociais caso o colégio promova este tipo asqueroso de “ensino”, sem esquecer que os meios legais também devem ser procurados, afinal pedofilia é crime, não importa se o criminoso tenta se proteger falando de arte! A esquerda continua muito na frente quando se trata de educação e principalmente manipulação de crianças e adolescente pois dominam a cultura e são maioria entre os profissionais de ensino, artistas, jornalistas e até aparelharam muito do meio jurídico, todo cuidado com esses maniacos é pouco.

Leave a Reply

Um comentário sobre “A esquerda e a pedofilia de mãos dadas

  1. João Luiz Pereira Tavares

    Che Guevara é ícone da esquerda.
    E é nada mais do que um ícone da cultura de massas. Indústria cultural. Kitsch, com toda certeza.
    A carência do Brasil é de arte de qualidade!
    Sobretudo a música atual.
    O “algo mais” do PT na arte e na cultura:
    O PT detesta a cultura popular e a erudita ao mesmo tempo.
    Bom, Yamandu Costa é música de grande qualidade. Não tem nada a ver com o PT, ok?
    Inclusive música pra poucos brasileiros (por ser complexo), ou seja:
    de “elite”. Assim como Machado de Assis, Villa-Lobos são arte de elite, sim.
    O mesmo Dostóievsky. Elite honrosa.
    Não se trata do lixo bem tragável de Q o PT gosta, venera, ama e adora, não.
    E, por outro lado, o bem centrado MBL [Mov. Brasil Livre] em
    seu papel empírico, em 2016 faz jus ao nome dessa sigla, certo?
    A diminuição do poder vigarista do PT com
    a saída de Dilma em 2016, — mesmo c/Lula solto hoje –, foi fortemente permitido devido ao MBL.
    Empírico, corajoso e pragmatista, o Arthur do “Mamãe Falei” ajudou bastante
    a desconstruir o discurso ideológico
    do PT através do método socrático.
    MBL e o Arthur lutam contra
    o lixaço da doutrina petista (conhecida como Petismo),
    lutam contra o brega, o barangismo petista,
    mau gosto, o barango do sertanejo universitário
    do petismo [criado na Era Dilma-Lula],
    o cafona, o lixo se fingindo de “arte” em galeria picareta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Pin It Share 0 0 Flares ×